Notícia

Confira dicas para fazer um jardim perfumado

Algumas combinações de aromas podem dar um efeito todo especial

Jasmins, gardênias, laranjeiras… Alguns trechos da cidade são marcados pelos aromas de suas plantas. Que tal levar todo esse perfume para a sua casa? As paisagistas Ana Iath e Sônia infante dão dicas de algumas espécies para perfumar a varanda, o jardim ou um cantinho da sala. Algumas combinações de aromas podem dar um efeito todo especial

Jasmins, gardênias, laranjeiras… Que tal ter em casa o perfume dessas plantas? As paisagistas Ana Iath e Sônia Infante dão dicas de algumas espécies para perfumar a varanda, o jardim ou um cantinho da sala. Algumas combinações de aromas podem dar um efeito todo especial.

Jasmins:
Esta família de plantas apresenta várias possibilidades de aromas. Para quem tem um imóvel com uma varanda pequena, aconselha-se um vaso com o jasmim-do-cabo. Essa planta de médio porte desabrocha suas flores brancas na primavera, exalando um perfume irresistível. Mas, se a varanda é espaçosa, o morador pode usar também trepadeiras, como o jasmim-dos-poetas, com floração entre o outono e inverno. Outra opção para quem mora em cobertura ou casa é uma linda árvore desta mesma família chamada jasmim-manga, que possui flores nas cores branca, rosa ou vinho.

Madressilva:
De perfume inigualável, a madressilva é uma trepadeira de florezinhas delicadas de coloração branca e amarela. Sua folhagem é verde escura e bastante densa. Cobre muito bem pérgolas, cercas, treliças, caramanchões e muros. Deve ser cultivada em lugares que recebam muito sol, em solo fértil, com boa adubação orgânica. E deve ser regada periodicamente, pois pode ela desidrata com facilidade, principalmente quando plantada em vasos. É tolerante ao frio e tem crescimento moderado.

Dama-da-noite:
Planta arbustiva com flores tubulares, de coloração creme-esverdeada, muito conhecida pelo aroma que exala à noite. Por ter aroma muito forte, não deve ser plantada próximo a janelas ou portas da casa. Para atenuar-lhe o forte perfume, deve ser plantada à meia-sombra, desta forma sua floração será menos intensa. Também é importante saber que esta planta é tóxica, devendo se ter muito cuidado com animais e crianças. Ela precisa ser plantada no chão, e não em vasos.

Manacá-de-cheiro:
Esta planta é um arbusto ideal para locais de clima ameno. Precisa receber sol. Suas flores mudam de cor – inicialmente azuladas, tornam-se brancas com o passar do tempo. Seu cheiro também é muito forte, é bom evitar a proximidade com quartos.

Viburno:
Arbusto lenhoso, muito ramificado de caule escuro. Suas flores são miúdas, brancas, e de aroma suave. São indicadas para canteiros e podem ser usadas em vasos.

Murta:
Espécie arbustiva com muitos ramos bastante usada como cerca viva devido às suas folhas, que são bem resistentes. É muito usada em arranjos de decoração.

Rosas:
Seus aromas já foram declamados em versos e prosas. As roseiras devem ser cultivadas em locais que recebam sol e sejam arejados. O aroma é exalado durante todo o dia. Pode ser combinada com lavanda.

Ervas aromáticas:
Se espaço é um limitador para se ter um pouco de aroma natural em casa, tenha vasos com ervas aromáticas – além de cheirosas, elas podem ser usadas na cozinha: alecrim, manjericão, coentro, hortelã e lavanda são algumas delas. Uma dica: Coloque um sachê de alecrim ou lavanda fresca em sua gaveta de roupas ou em seu armário para obter um efeito agradável (acredita-se que o alecrim e a lavanda ajudam a aliviar o nervosismo).


fonte:revista.zapimoveis

Tour Virtual

Confira ao lado alguns de nossos projetos, e compartilhe da nossa experiência com plantas e paisagismo, em um tour virtual feito especialmente para não perder nenhum detalhe.

+ Visualizar

Blog Flora Paraíba

+ Mais Notícias

Newsletter

Cadastre seu email no formulário abaixo, e receba nossas promoções, informativos e dicas sobre plantas e paisagismo.

Parceiros