Notícia

A implantação do gramado, além de agradável composição para a paisagem, é espaço para esporte e lazer

Aparentemente, foi durante a Idade Média que as gramíneas aparadas tornaram-se populares para uso em jardins, áreas de piquenique e espaços esportivos. No princípio, eram intensamente pisoteadas para serem mantidas baixas. Só mais tarde é que se descobriu que a foice podia ser usada para essa finalidade, com a vantagem de permitir uma maior uniformidade.

Os gramados atuais estão bem longe de seus antecessores dos tempos medievais. Hoje, são densos e uniformemente compostos, resistentes às pragas e doenças, tolerantes a altas e baixas temperaturas e até conseguem competir e ganhar a briga contra as ervas daninhas e outras pragas. Tudo isso é fruto de uma série de pesquisas, em busca do desenvolvimento de híbridos e novas variedades especiais. Algumas altamente sofisticadas e para usos muito específicos como, por exemplo, as gramas para “greens” dos campos de golfe.


Por isso, é cada vez mais intenso o comércio de gramas no mundo inteiro, seja por meio de sementes, placas, tapetes ou a última novidade, os “plugs”, processo de propagação vegetal de gramas, que tem facilitado a vida de muita gente.

Seja como for, para alguns, o gramado é uma agradável composição para uma paisagem, seja ela doméstica ou não. Ele se vincula ao ambiente que o rodeia, compondo uma espécie de pano de fundo que integra o conjunto. De fato, as cores das flores parecem mais vivas quando circundadas pelo verde de um gramado, que também tem a propriedade de “clarear” e abrandar os espaços entre as árvores e arbustos de um jardim. Outros imaginam o gramado como uma sala de visitas ao ar livre. Um lugar para as brincadeiras das crianças, piqueniques da família, banhos de sol, leitura e até como um tapete macio, para gostosos cochilos à sombra de uma árvore, além do seu uso para a prática dos mais variados tipos de esportes.

 

Felizmente, existem técnicas especiais para se produzir e manter um gramado em boas condições. Com o objetivo de disseminar o conhecimento sobre as informações necessárias para se produzir, com qualidade, as variedades Batatais, São Carlos, Esmeralda, Santo Agostinho, Bermudas e Zoysia, o CPT – Centro de Produções Técnicas, elaborou o curso “Cultivo de Gramas e Implantação  de Gramados” no qual você estará recebendo informações do professor Cláudio Coelho de Paula, botânico do Departamento de Biologia Vegetal da Universidade Federal de Viçosa.  

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV – Universidade On Line de Viçosa, filiada e mantenedora da ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância.

Talvez seja a cor pacificante, ou a textura uniforme, que conduz as pessoas a terem uma atração especial pelos gramados. De uma forma ou de outra, isso só será verdade se eles se apresentarem uniformes e verdinhos. Gramados mal-cuidados são um quadro triste de se olhar. Passam imediatamente uma sensação de desmazelo e abandono.


Fonte: www.cpt.com.br/cursos-jardinagem

Tour Virtual

Confira ao lado alguns de nossos projetos, e compartilhe da nossa experiência com plantas e paisagismo, em um tour virtual feito especialmente para não perder nenhum detalhe.

+ Visualizar

Blog Flora Paraíba

+ Mais Notícias

Newsletter

Cadastre seu email no formulário abaixo, e receba nossas promoções, informativos e dicas sobre plantas e paisagismo.

Parceiros